Acessibilidade

Operação Enchente 2019 segue a todo vapor

A Defesa Civil do Amazonas iniciou a 1ª fase da Operação Enchente 2019, que irá atender, neste primeiro momento, as famílias afetadas pela cheia nas calhas do Juruá, Purus e Madeira, que decretaram situação de emergência.

As três balsas que saíram da capital com destino aos municípios do interior no decorrer da semana passada e desta estão levando itens para complementar as ações de apoio às famílias afetadas pela enchente. O objetivo é o restabelecimento da normalidade social.

Estão sendo enviadas: 26.513 cestas básicas, 15.595 kits contendo rede, lençol e mosqueteiro, 1.559 jogos de cama, 1.559 travesseiros, 15.595 kits de limpeza, 1.559 colchões, 62.378 kits de higiene, além de 64 purificadores de água que irão atender as famílias que estão em áreas isoladas por conta da cheia, o chamado Salta-Z, projeto inovador que o Governo do Estado adotou e que purifica água imprópria em água potável, levando mais saúde e qualidade de vida às famílias.

De acordo com o secretário executivo da Defesa Civil do Amazonas, tenente-coronel BM Francisco Máximo, o governo tem procurado atender as demandas dos municípios afetados pela enchente de forma célere com o envio da ajuda humanitária.

“O Governo também tem implementado outras alternativas para minimizar os impactos causados pela enchente, de maneira que essas comunidades consigam suporta e superar o desastre, bem como, torná-las mais resilientes. O Governo está investindo nesses purificadores como política pública de Estado viável para melhorar a qualidade de vida e de saúde dessas comunidades isoladas que não dispõem de água potável para beber e cozinhar”, ressaltou Francisco Máximo.

Salta-Z – Equipamento que purifica água com tecnologia totalmente brasileira, é considerado uma solução inovadora pela capacidade testada, comprovada e certificada pela Funasa em purificar água imprópria em água potável. Além de ser simples, o Salta-Z consegue atender a necessidade de consumo para beber e cozinhar de mil pessoas por dia.

Calha do Madeira – A balsa com destino aos municípios de Humaitá, Manicoré, Novo Aripuanã e Nova Olinda do Norte que compõem a calha do Madeira está com a previsão de chegada ao seu primeiro ponto de parada (em Humaitá) nesta sexta-feira (19/04), levando ajuda humanitária a 42.625 pessoas.

Calha do Purus – A balsa que seguiu para a calha do Purus está levando ajuda humanitária aos municípios de Boca do Acre, Canutama e Lábrea, devendo chegar ao seu primeiro destino dia 26 deste mês, na cidade de Boca do Acre, e distribuirá insumos para um total de 12.618 pessoas nas três cidades.

Calha do Juruá – A balsa que saiu de Manaus com ajuda humanitária com destino à calha do Juruá atenderá um total de 38.690 pessoas afetadas nos municípios de Guajará, Ipixuna, Eirunepé, Itamarati e Carauari. A previsão de chegada na primeira cidade, que é Guajará, é para o dia 28 de abril. Depois, a embarcação seguirá para as demais localidades.


Reportar Erro